Carreira de sucesso aprenda como planejar a sua

 

Você é um estudante universitário e quer aprender como planejar uma carreira de sucesso? Assista a palestra que eu proferi na Universidade Estácio campus Niterói.

Você está consciente do impacto das novas tecnologias na sociedade? Leia um post que fala sobre isso.

É importante se pensar sobre o futuro, como vai ser o mundo daqui há 10 ou 20 anos porque a sua carreira vai ocorrer nesse mundo. A maioria pensa na carreira olhando para o passado e as mudanças estão ocorrendo muito rapidamente. O grande exemplo é o Uber.

O que você pode fazer para se posicionar bem nesse futuro que está em contínua transformação? O que você acha, como se situa, como se posiciona nesse mundo que está se transformando continuamente?

Cada vez mais essas mudanças vão acontecer. Mais importante do que aprender uma tecnologia em si, a gente precisa aprender a aprender pois o conhecimento está se modificando muito rapidamente.

Sentimentos em relação à carreira

Qual o sentimento em relação a esse cenário? Você se sente confiante, amedrontado ou apático?

Se você não tem afinidade com tecnologia, o que deve fazer para lidar com isso? Gostando ou não você vai precisar lidar com isso.

Qual a sua confiança de que vai construir uma carreira de sucesso?

Essa é uma avaliação subjetiva, uma crença se você é capaz de construir uma carreira bem sucedida.

Existem 3 padrões para lidar com a carreira: barco sem vela nem leme (deixa a vida me levar); barco com vela e sem leme e barco com vela e com leme.

1) O padrão deixa a vida me levar é muito comum, a pessoa pensa que não precisa fazer nada porque a vida vai conduzir a carreira, o destino. Essa maneira tem uma vantagem em relação ao nível de estresse pois a pessoa tende a não se estressar com a vida. O problema é quando a vida leva para caminhos de canoa furada. A imagem é de um barco sem vela nem leme. Não há esforço nenhum para dar uma direção.

2) Para exemplificar o segundo padrão (barco com vela e sem leme), menciono o caso de um jovem que foi militar da Marinha depois mudou para ser professor de yoga e por último decide mudar uma terceira vez, indo trabalhar com recursos humanos e treinamentos. Essa pessoa sou eu. Nesse modelo de carreira vai descobrindo o caminho caminhando. Quando eu saí da Marinha, eu sabia o que eu NÃO queria fazer, mas não sabia o que eu queria fazer. E aí se perde tempo nessa busca. É o barco que tem uma vela, está em movimento, mas sem leme, não tem direção. No processo de Coaching o que se deseja é que, quando se colocar em movimento, você saiba para onde está indo.

3) O terceiro padrão é do barco com vela e direção.

Para continuar assistindo o restante da palestra, envie um email para alexandre@perlingeiro.com.br.

Deixe seu comentário aqui embaixo.